Novembro Negro

Mostra de turbantes de Negra Jhô reverencia ancestralidade no Museu Udo Knoff

O trabalho de Negra Jhô, há mais de 50 anos confeccionando turbantes, está exposto na mostra ‘Coroa de Ouro: Torsos e Turbantes’, aberta nesta terça-feira (20), Dia da Consciência Negra, no Museu Udo Knoff, no Pelourinho. O evento faz parte da programação do Novembro Negro, promovida pela Diretoria de Museus do Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural da Bahia (Dimus/Ipac).

Estudantes celebram Consciência Negra com feira de empreendedorismo

O Dia da Consciência Negra foi comemorado nas escolas da rede estadual com atividades culturais e educativas. Em Salvador, no bairro de Cajazeiras, durante toda a terça-feira (20), alunos do ensino técnico em administração do Colégio Edvaldo Brandão Correia participaram de uma feira de empreendedorismo negro, onde todas as propostas de serviços tinham como foco atender as necessidades do consumidor negro. O objetivo é estimular o perfil empreendedor dos alunos, além de promover a consciência sobre a identidade étnica.

Novembro Negro tem leitura, debate e conversa nas Bibliotecas Públicas da Bahia

Incentivar o gosto pela leitura, assim como facilitar a compreensão é o objetivo de algumas atividades realizadas por bibliotecas públicas. As programações proporcionam informações através de conteúdos que refletem sobre determinados temas e, neste mês de novembro, as pautas abordam o Dia da Consciência Negra, celebrado dia 20.

Abertura oficial do Novembro Negro reúne Bando de Teatro Olodum e Lazzo no TCA

As atividades que integram o Novembro Negro da Bahia, calendário pioneiro de mobilizações do movimento negro, foram apresentadas no Teatro Castro Alves durante a abertura oficial do Novembro Negro, na noite desta quinta-feira (8), que contou com a apresentação do Bando de Teatro Olodum e do cantor Lazzo Matumbi.

Bando de Teatro Olodum e Lazzo abrem Novembro Negro no TCA

Nesta quinta-feira (8), às 19h, o Teatro Castro Alves (TCA) será palco da abertura oficial do Novembro Negro, calendário emblemático de mobilizações pelo combate ao racismo e garantia dos direitos da população negra. O evento tem como atração principal o Bando de Teatro Olodum, com participação do cantor Lazzo Matumbi. O espetáculo será antecedido por intervenções artísticas no foyer do TCA. Ingressos podem ser adquiridos pelo preço popular de R$1 (inteira) e 0,50 (meia).

Mostra de turbantes de Negra Jhô é destaque no Novembro Negro do Museu Udo Knoff

Em comemoração ao Novembro Negro, o Museu Udo Knoff de Azulejaria e Cerâmica, no Pelourinho promove diversas atividades como oficinas, exposições e palestras durante todo o mês. Em 20 de novembro, às 18h, será aberta a 3ª edição da exposição 'Coroa de Ouro: Torsos e Turbantes', de autoria da cabeleireira, esteticista afro e hair designer Negra Jhô. A estilista é conhecida por seus projetos que visam promover a autoestima e o orgulho pela identidade negra por onde passa.

PGE lança selo de combate ao racismo institucional entre ações do Novembro Negro

A Procuradoria Geral do Estado (PGE) lançou, na manhã desta quinta-feira (1º), na sede do órgão no Centro Administrativo da Bahia (CAB), o selo de combate ao racismo institucional que acompanhará todos os processos que forem cadastrados no protocolo do órgão. A ação faz parte da agenda do Novembro Negro do Governo do Estado, campanha que contará com uma série de atividades no período de 1º a 30 de novembro.