SEC promove encontro para avaliação das ações da ouvidoria

09/06/2022

Com o objetivo de avaliar as ações da Ouvidoria da Secretaria da Educação do Estado (SEC) referentes ao primeiro semestre de 2022 e planejar as ações para o segundo semestre, um encontro avaliativo foi realizado, nesta quinta-feira (9), no Hotel Fiesta, em Salvador. O evento, que segue até esta sexta (10), contou com a  presença do ouvidor geral do Estado, Jonival Lucas, o ouvidor da SEC, Jocivaldo Anjos, representantes das demais ouvidorias, a exemplo do Conselho Estadual de Educação da Bahia (CEE), além dos jovens ouvidores dos 27 Núcleos Territoriais de Educação (NTEs).

O ouvidor geral do Estado, Jonival Lucas, falou da importância da parceria com a SEC. “A Ouvidoria da SEC é fundamental, tendo em vista o tamanho da rede de ensino. O propósito é que a escuta possa se transformar em benefícios às comunidades escolares. O projeto Ouvidoria Vai à Escolar", a visita itinerante da Ouvidoria da SEC e a atuação da Ouvidoria Geral do Estado tendem a trazer bons resultados no retorno dessas respostas para que elas possam beneficiar todos os cidadãos”.

O ouvidor da SEC, Jocivaldo dos Anjos, destacou a importância do evento. “Este encontro é uma complementação do evento que fizemos no mês de março, nas escolas da Bahia. Iremos fazer uma avaliação desses encontros e trouxemos alguns estudantes para que eles acessem o serviço da ouvidoria. Como temos os técnicos das ouvidorias especializadas que atuam na recepção das demandas, os jovens ouvidores vão atuar no sentido de poder falar para os seus colegas sobre a Ouvidoria no Estado da Bahia”.

Para a jovem ouvidora do núcleo de Itabuna (NTE 5), Larissa Reis, 17, 3º ano do Ensino Médio no Colégio Estadual Anísio Loureiro, localizado no distrito de São João do Panelinha, em Camacan, o encontro vai ampliar os seus conhecimentos. “Estou muito feliz por a SEC ter nos dado esta oportunidade, pois tenho vivenciado várias experiências e neste evento irei aprender como funciona toda a ouvidoria do Estado e vou repassar as informações para os demais colegas”.

Já a jovem ouvidora do núcleo de Irecê (NTE 1), Samara Nascimento, 17, 3º ano do Ensino Médio, do Colégio Estadual Idalina da Silva Dourado, em João Dourado, disse que os jovens ouvidores serão pontos de representatividade. “Tendo jovens ouvidores nos NTEs, os estudantes podem se sentir mais à vontade para chegar até a gente e conversar sobre as demandas”.

A Ouvidoria Pública é uma ferramenta de gestão e de controle social. A missão da Ouvidoria da SEC é se constituir como um espaço de diálogo, escuta qualificada e de fortalecimento da democracia participativa, envolvendo a comunidade escolar e os movimentos sociais. O projeto Ouvidoria Vai à Escola foi criado em 2013 e tem como fundamentos a participação social e a gestão democrática do ensino público.

O encontro ainda contou com a presença do coordenador de Articulação de Projetos para a Educação, Helder Amorim; do coordenador executivo de Programas e Projetos Estratégicos, Marcius Gomes; da diretora geral do Instituto Anísio Teixeira (IAT), Cybele Amado; e da coordenadora de Políticas para a Juventude em Processos Educacionais da SEC, Larissa Lima.

NTE


Fonte: Ascom SEC