1º Festival Nacional de Artesanato na Bahia movimenta Salvador de 17 a 19 de maio

03/05/2024

A riqueza e a diversidade cultural do Artesanato da Bahia e de outras regiões do Brasil vão tomar conta da capital baiana durante o 1º Festival Nacional de Artesanato na Bahia – FENABA, entre os dias 17 e 19 de maio (sexta-feira a domingo), na Arena Fonte Nova. Será um grande encontro entre artes, saberes e tradições e muita criatividade numa extensa programação para toda a família. Além da comercialização de produtos, o festival terá feira, salão de negócios, desfile de moda artesanal, atividades de qualificação, espaço infantil, gastronomia, manifestações culturais e shows. A entrada será gratuita, com expectativa de 3.500 visitantes por dia.

Inspirado na expressão "Fé na Bahia", o FENABA vai promover o intercâmbio entre mais de 200 artesãs e artesãos das 20 Rotas do Artesanato da Bahia, 20 mestras e mestres, seis associações de artesanato, representando a Federação de Associações de Artesãos do Estado da Bahia – FAAEB e dez Federações Nacionais representando a Confederação Brasileira de Artesãos – CONART – Brasil. Além da Bahia, estarão presentes os estados de Alagoas, Amapá, Ceará, Espírito Santo, Maranhão, Piauí, Sergipe, São Paulo e o Distrito Federal. O festival ocupará os níveis 6, 7 e 8 da Arena Fonte Nova e contará com 235 estantes. Servidores públicos do estado terão descontos de 5% a 15% na compra de produtos. 

Do fuxico à ourivesaria- O visitante vai encontrar uma variedade de técnicas do artesanato, como renda, bordado, tecelagem, pintura, cerâmica, entalhe em madeiras, trançado, crochê, fuxico, ourivesaria, costura em retalho, redes e objetos produzidos a partir de matérias-primas como coco, palha, fibra, piaçava, sementes, escamas de peixes e conchas. São peças que resultam de diferentes tipologias, que contam história e exaltam a criatividade das artesãs e artesãos de diferentes regiões da Bahia e do Brasil. 

Além de reunir num só lugar representantes de importantes polos de produção artesanal do país, o FENABA vai proporcionar para artesãs e artesãos da Bahia maior visibilidade e oportunidade de comercialização dos seus produtos. O evento também tem a proposta de articular políticas públicas voltadas para o desenvolvimento do artesanato, com a valorização dos artistas e ações voltadas à geração de trabalho e renda.

O 1º Festival Nacional de Artesanato na Bahia - FENABA é uma realização do Governo do Estado da Bahia, por meio da Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre) através da Coordenação de Fomento ao Artesanato (CFA) em parceria com as Secretarias da Cultura (Secult), do Turismo (Setur) e Promoção da Igualdade Racial (Sepromi). O evento tem correalização da Pau Viola e da Associação Fábrica Cultural. 

“O Festival é um evento inédito na Bahia, que vai reunir aqui em Salvador a arte e o trabalho de profissionais dos principais centros artesanais do Brasil. A Bahia estará representada por artesãos e artesãs de todas as 20 rotas do artesanato do estado. O Festival tem uma dimensão cultural, econômica com a geração de renda, turística divulgando a Bahia e atraindo visitantes para o nosso estado”, afirma Davidson Magalhães, secretário da Setre.

Forte presença feminina - Com presença majoritária de expositoras mulheres, entre artesãs e mestras, o festival celebra a força do empreendedorismo feminino, destacando o artesanato como instrumento de empoderamento que se traduz como um ofício gerador de renda e independência financeira para muitas delas.

Um dos destaques será a presença da mestra artesã Maria do Carmo Amorim, 76 anos, da quarta geração de uma família de mulheres rendeiras de Saubara que tiveram a vida transformada pelo artesanato. Para a artesã, a realização do FENABA é uma celebração da arte e da cultura da Bahia.

“Eu estou feliz com a realização deste festival. Tenho participado de eventos em outros estados e sentia falta de reunir o nosso povo, a nossa cultura e reencontrar nossos amigos artesãos e artesãs em um evento como este. Depois da pandemia, ficamos muito preocupados com o rumo do nosso trabalho. O festival é a oportunidade de mostrarmos a nossa potência. Porque a Bahia é uma potência em artesanato e cultura”, afirma.

 

Foto: Projeto Recôncavo Conectado

 

Maria do Carmo é fundadora da Associação de Artesãos de Saubara, que reúne atualmente 53 artesãs. São mulheres que ajudam a transformar a técnica ancestral do bilro a ser reconhecida em todo Brasil e até em outros países. O sucesso é tanto que, recentemente, o trabalho dessas artistas foi parar nas telas da TV. Elas foram responsáveis pela confecção das peças de renda que cobrem o vestido de noiva de Maria Santa, a Santinha, personagem da atriz Duda Santos, no remake da novela "Renascer". 

“O Festival do Artesanato é um evento de grandes dimensões para o artesanato na Bahia. A expectativa é que ocorra um grande volume de vendas e que o público entre e contato com a diversidade do artesanato do nosso estado. Haja a vista que a é a primeira vez que nós teremos uma quantidade tão grande de artesãs e artesãos vindos de todo o estado da Bahia”, afirma Weslen Moreira, coordenador do Fomento ao Artesanato – CFA.

Programação e espaços - O FENABA será aberto ao público no dia 17, às 15h, e a solenidade oficial de abertura será às 17h com a presença de autoridades. 

O Nível 6 da Arena Fonte Nova é o espaço da feira que vai concentrar a maioria dos estandes de comercialização de produtos. No andar, também vai funcionar o espaço gastronômico, parque infantil, espaço da Economia Solidária, Salão de Negócios e um mini palco, onde acontecerão apresentações artísticas e musicais.

No Nível 7, os visitantes poderão explorar espaços dedicados à homenagem da tradição e cultura ancestral. Destaque para o “Espaço Mestras e Mestres ”, onde artistas renomados compartilham seus saberes e promovem a preservação e transmissão dos conhecimentos e técnicas artesanais para as futuras gerações. Também será destaque o “Espaço dos Povos Originários e Tradicionais”, que vai apresentar toda a riqueza da arte e da cultura indígena e quilombola da Bahia. 

No mesmo andar, os visitantes do FENABA conhecerão o ‘Espaço Conceito’, uma exposição imersiva que reproduz um cenário de uma casa decorada com um mix de peças artesanais utilitárias para o dia a dia, mostrando como o uso do artesanato na decoração pode imprimir beleza, personalidade e funcionalidade para os ambientes. No local, também acontecerão as oficinas de qualificação, onde visitantes e artesãos irão aprender e aprimorar técnicas de artesanato.  

Na área externa do Nível 7, o palco principal vai receber shows com grandes nomes da música baiana e nacional, como Paulinho da Viola, que se apresenta no dia 18 (sábado). O cantor e compositor carioca se apresenta em clima de encerramento da turnê nacional comemorativa aos seus 80 anos, retornando a Salvador após nove anos com um repertório rico em samba e choro para o público presente do festival. 

Já no Nível 8 da Arena Fonte Nova, o auditório recebe o 2° Encontro de Artesãs e Artesãos Artesanato da Bahia e os painéis com as temáticas “Artesanato e Empreendedorismo Feminino” e “Negócios do Artesanato”.

Para chegar ao FENABA, o público deve usar preferencialmente a Ladeira da Fonte. Para quem for de carro, o estacionamento funcionará no Nível 2 da Arena Fonte Nova, com acesso pelo Dique do Tororó.

SERVIÇO:

1º Festival Nacional de Artesanato na Bahia – FENABA

Data: 17 a 19 de maio de 2024 (sexta-feira, sábado e domingo)

Local: Arena Fonte Nova (Níveis 6,7 e 8)

Horário: 

17/05 (sexta-feira): das 14h às 22h 

18/05 (sábado): das 14h às 22h

19/05 (domingo): de 13h às 20h

Acesso: Ladeira da Fonte

Entrada gratuita

Servidores públicos do estado terão desconto de 5% a 15% nas compras de produtos

Estacionamento: N2 (Entrada pelo Dique) - R$ 20